jump to navigation

Os Mascotes do Mega Drive 2 02America/Bahia setembro 02America/Bahia 2016

Posted by bluepasj in dym, GENESISTÓRIAS, LISTAS.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Muitos personagens se tornaram icônicos. Vamos falar aqui dos personagens cuja imagem é inseparável da imagem do Mega Drive.

sonic-ismo

tumblr_o663g4TQ9S1resubdo1_500Sonic é não apenas o personagem mais famoso a surgir no Mega Drive, mas é impossível falar no 16-bits da Sega sem mencionar ele. O ouriço azul se tornou tão famoso na época que um boneco gigante dele apareceu na parada do dia de ação de graças nos EUA (Macy’s Day Parade). Pesquisas apontavam ele como sendo mais famoso e reconhecido pelas crianças do que o Mickey Mouse da Disney. Ele e os seus companheiros Tails e Knuckles, principalmente o Tails, marcaram a vida de muitas pessoas. E o inimigo Doutor Ivo Robotnik (como era conhecido à época) não deixa por menos, sendo um dos vilões mais famosos dos games, cheio de personalidade e carisma.

alex kiddpage0002-180px-Alexkidd_md_jp_manual.pdf

Alex Kidd podia ser considerado o mascote da Sega antes do Sonic. Na época do Master System, o console anterior ao Mega Drive, ele fazia muito sucesso. Infelizmente a Sega foi deixando ele de lado com o tempo, se focando mais no Sonic. Alex apareceu em apenas um jogo no Mega Drive, mas mesmo posteriormente ainda apareceu no Master System.

tearl

page0064-305px-EGM_US_027.pdf

 

Criados no concurso interno para criação de um mascote da Sega (no qual Sonic foi escolhido), Toejam e Earl são dois alienígenas que caem na Terra e tem que recuperar partes de sua nave para voltar a seu planeta, Funkotron. Eles são loucos e cheios de personalidade, e fãs de funk americano. Eu diria que os dois são um produto de sua época, mas isso não diminui a atemporalidade de seus designs.

vman

tumblr_meied3rmmg1ram05oo1_500Vectorman é muitas vezes considerado a resposta da Sega a Donkey Kong Country. Eu não sei quanto disso é verdade, mas com certeza o ‘Wall-e’ da Sega não é só isso. VMan demonstra todo seu charme e personalidade in-game em seus trejeitos e movimentação, cativando o público no processo.

 

eccoEcco_ArtworkEcco fazia parte de um jogo completamente único, o que combina perfeitamente, pois ele é um personagem único. Assim como V-man, sua personalidade é demonstrada por suas ações e não por palavras. Aliás, isso era bem comum na época. Ecco é um golfinho herói viajante no tempo. Ele conseguiu deixar sua marca e é indiscutivelmente um dos personagens que brilhantaram o elenco de personagens do Meguinha.

ristar

Ristars-got-this

Ristar foi feito pelo Sonic Team, o mesmo time de desenvolvedor que havia antes nos provido com Sonic o ouriço. Inclusive é mais um dos que surgiram do concurso que deu origem ao ouriço. No começo ele não era uma estrela, mas sim um coelho que agarrava os inimigos com suas orelhas e se chamava Feel. Ristar, por ter saído no fim de vida do MD, fez menos sucesso do que merecia. A estrela é cheia de expressões faciais e animações específicas de fase que denotam sua personalidade estelar.

shinobi

page0003-349px-Supershinobi_md_jp_manual.pdf

Joe Musashi, o ninja da Sega, não surgiu no MD, mas no arcade Shinobi. Mas o jogo dele que marcou mesmo foi Revenge of Shinobi, para o Mega Drive. O super shinobi é um ninja habilidoso cheio de técnicas mortais, que luta contra a terrível corporação Neo Zeed. É o herói de Revenge of Shinobi (The Super Shinobi) e Shinobi III Return of the Ninja Master (The Super Shinobi II). Ninjas são comuns no mundo do entretenimento midiático, mas mesmo assim Musashi conseguiu se destacar, se tornando um dos ninjas fictícios mais famosos. Ele é lendário.

sor

tumblr_n4p1d2Xdt91tu022ro1_r1_500Streets of Rage ou Bare Knuckle, como é conhecido no Japão, tem o diferencial de ser um beat ‘em up lançado para o MD ao invés dos arcades. Seus três personagens principais, Adam HunterAxel StoneBlaze Fielding são policiais que querem ‘limpar’ uma cidade suja pela corrupção e violência. São três personagens muito reconhecidos. Blaze e Axel estiveram em todos os três SoRs, enquanto Adam esteve só no primeiro. Os personagens novos do segundo game, Max e Skate (Sammy no original japonês), enquanto não tão icônicos, ainda são muito bacanas, e mesmo o Zan do SoR3 consegue se destacar.

golden axe

tumblr_ne4qupfpup1snghrzo1_500

Golden Axe pode ter começado nos arcades, mas brilhou ainda mais no console caseiro. Ax BattlerGilius ThunderheadTyris Flare são mais três personagens extremamente icônicos e reconhecíveis. Eles vivem em um mundo medieval ala Dungeons & Dragons e tem que salvar sua terra, Yuria, do temível Death Adder (ele mesmo sendo um personagem memorável). Os três, assim como todos os outros nessa lista, representam o Mega Drive. Infelizmente foram substituídos por três personagens menos carismáticos no terceiro Golden Axe no MD.

 

splatter-rick

page0001-347px-Splatterhouse3_md_jp_manual.pdf

Rick é o portador da Terror Mask – a máscara do terror. Sempre tentando salvar sua namorada Jennifer de demônios aterrorizantes. Com a máscara, ele ganha poderes incríveis, mas talvez ele seja dominado pelo seu lado negro. O design de Rick lembra muito o do Jason da franquia Sexta-Feira 13, e os jogos em si são jogos de terror com jogabilidade hack ‘n slash e muito sangue e violência. São o correspondente nos videogames retrô para os filmes slasher. Rick pode não ter começado a vida no Mega, pois seu primeiro jogo surgiu nos arcades e não foi portado para o MD, mas com certeza foi no Mega que ele obteve a maior parte de seu reconhecimento.

kid chameleon

page0001-351px-Kidchameleon_md_jp_manual.pdf

Mais de 100 fases. Dificuldade. Não tem bateria para salvar. Esses três fatos vem à mente quando se fala no Kid Chameleon. O personagem principal adquire poderes especiais diferentes quando veste máscaras. É um conceito muito legal e funcional, que é bem-empregado para criar um platformer criativo e divertido. Exclusivo para o MD, Kid Chameleon é mais um dos personagens a enriquecer o legado dos 16-bits.

shion800px-WBiML_SMS_EU_BoxWonder Boy pode não ser uma franquia exclusiva da Sega, e sua história é totalmente confusa, mas é nos videogames da Sega que estiveram os maiores expoentes da franquia. Inclusive o MD, que recebeu dois dos melhores (mas não os melhores). Wonder Boy in Monster World carrega o DNA da série, e seu personagem principal Shion marca simplesmente pela sua presença no jogo. Ele é um guerreiro e um herói e um dos mascotes não-oficiais do MD.

 

pulsemanpage0001-340px-Pulseman_md_jp_manual.pdf
Pulseman foi criado pela GameFreak, a mesma empresa dos jogos Pokémon. O robô faz parte de um jogo bem original e único (e lembra Megaman). Seus poderes foram inspirados pelo Sonic, já que se Sonic pode chegar à velocidade do som, Pulseman alcançachega na velocidade da luz. O conceito é muito interessante, Pulseman pode se transformar em um pulso, o que abre as possibilidades de gameplay. O personagem pode não ser uma das ‘powerhouses’ do Mega Drive, mas isso não o impediu de deixar sua marca.

DRIVE IT THROUGH3

 

 

O Mega Drive nos 8 Bits 30 30America/Bahia janeiro 30America/Bahia 2016

Posted by bluepasj in DUALIDADE, LISTAS.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
add a comment

A seguir estão alguns jogos que estiveram tanto no Mega Drive, quanto no Master System e no Game Gear (e no NES/Nintendinho). Inclusive é nessa ordem que as imagens estão postadas. Acho muito interessante olhar como alguns jogos ficam com downgrade/versão demake. Alguns estão apenas a título de comparação, como Sonic 2, por exemplo, que é um jogo completamente diferente em cada uma das suas três iterações (mega, Master e Game Gear). E o Megaman Willy Wars é, na verdade, um remake dos três primeiros Mega Man do Nintendinho.

The Addams FamilyaddamsfCastle of IllusioncilDynamite HeaddydhEcco the DolphineccoThe Lion KinglkingRoad Rash 2rrashSuper Monaco GP 2smgp2Streets of Rage 2sor2California GamescgDesert StrikeDSGolden Axe

ga

Mercs

m

Strider

sStreet Fighter 2 Champion Editionsf2

Wonder Boy in Monster Worldwbimw

Gunstar Heroes

gh

Ristarr

Spiderman Vs. Kingpinsvk
Sonic the Hedgehog 2sonic

Megaman Willy Wars – Megaman 1/2/3MMWW

Battletoads

btoads nesmd

Fonte das imagens:

MobyGames

Melhores Jogos de Plataforma 11 11America/Bahia maio 11America/Bahia 2012

Posted by bluepasj in dym, LISTAS.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
1 comment so far

Mais uma lista aqui nesse blog perdido nas ondas da internet. Relembrando alguns jogos incríveis feitos para esse videogame perdido nas ondas do tempo. Falando de ondas de maneira idiota.

Vamos à lista:

 Sonic The Hedgehog000 Sonics: Obviamente o mais popular e mais conhecido, principalmente por que continuou sua existência enquanto muitos outros falharam (alguns deles miseravelmente), Sonic fez sua fama em cima do fato de ser rápido. Mas ele está aqui por que não deixou de ser um plaftormer genial, sempre com grandes momentos, a jogabilidade mais intuitiva de sempre e grandes qualidades técnicas. E toda a quadrilo(trilo)gia clássica mantém o nível.

Pitfall: Jogo clássico de uma série clássica, que influencia até hoje em muitos Pitfall - The Mayan Adventure000 jogos famosos. Levava as plataformices a um outro nível, incrementando muitas idéias de uma aventura na selva. Além disso, ganhou os corações daqueles famintos por desafios, com sua dificuldade.

 Castlevania - Bloodlines000Castlevania: O Castlevania Bloodlines é um dos mais sangrentos Castlevanias de outrora. Mas além disso, apresenta muitos pulos medidos e desafios baseados na habilidade jogabilística do jogador. Agora abusando do prefixo jogar. Bloodlines apresenta muitos efeitos daqueles famosos na época, como rotação, por exemplo, e eles são usados para incrementarem e melhorarem o elemento plataforma. E realmente funcionam muito bem.______

Mickey Mania - Timeless Adventures of Mickey Mouse (E) [!]000

Quack Shot Starring Donald Duck000

Mickey & Donald: Quackshot,  Castle of Illusion, World of Illusion, Mickeymania e Maui Mallard fazem parte de um seleto grupo de jogos. Os jogos da Disney. E por mais que vários elementos estejam e sua composição, plataformas é um dos mais eminentes em todos os supra-citados. Sem deixar de lado a diversão e o maravilhamento causado pela experiência.

B.O.B000 Bob: O robozinho simpático da EA se apresenta em um jogo curto, repleto de boas idéias mal utilizadas, mas ainda assim uma experiência válida. Apesar de que, sinceramente, parece um jogo inacabado.________________________________________________________

Misadventures of Flink000 Flink: O maior representante vivo dos adventures do meguinha. Misadventures of Flink, sendo um port de Amiga, apresenta gráficos estonteantes e alguns efeitos especiais. E também muitas plataformas que são um convite para a morte num buraco sem fundo. Idéias geniais estão salpicadas aqui e acolá.

Ristar000 Ristar: Plataformas é o termo do qual estou começando a me cansar nesse instante com algo mais. A habilidade da estrelinha malandra (é assim que as revistas de antigamente falavam. Tente não rir) de agarrar os objetos e certos lugares acrescentava muito à jogabilidade do jogo. E as novas maneiras de usar essa habilidade tão peculiar mantinham o jogo fresco (ui) do começo ao fim.__________________________

Aladdin000

Aladdin: Não podíamos nos esquecer do colecionador de prêmios da Virgin. Aladdin é, em sua essência, exatamente o que se espera de um jogo de gênero platform. E com características técnicas gigantescas, lembrando a cada segundo as qualidades artísticas do filme que o deu origem. E tudo funciona tão bem!

Lion King, The (UEJ) [!]000 Lion King: O próximo jogo baseado num filme da Disney é outro de seus maiores sucessos. E como todos os jogos relacionados à Disney na época, ele pertence à realeza 16-bitesca. Lion King é um jogo de plataformas diferente, com toda uma jogabilidade trabalhada no fato de se estar jogando com um leão (primeiramente Simba criança, depois adulto) na selva. As coisas fluem de uma maneira tão original, que arrisco dizer que esse pode ser o jogo mais único dessa lista.

jungle-book Jungle Book: Olha só, junte todos esses jogos da Disney da lista e vai ver o quanto eles eram incríveis. Depois venha aqui e me responda por que por muito tempo depois do fim dessa geração os jogos da Disney simplesmente não alcançavam essa qualidade. Baseado no filme O Livro da Selva (dã), JB é uma espécie de Pitfall indígena, e com certeza queremos mais disso.

Jelly Boy000 Jelly Boy: O jogo da geleinha rosa (ui²) não foi lançado, mas saiu a ROM dele post-mortem. Jelly tem muitas habilidades de transformação rosa chocantes úteis e que dão variedade ao gameplay._______________________________

Captain Havoc000 Havoc: Um dos jogos com menor qualidade dessa postagem. Captain Havoc é simples, sem muitas complicações, o básico dos básicos. Mas justamente por isso, apresenta todas as características do gênero-alvo.

Kid Chameleon (UE) Kid Chameleon: Outro personagem com capacidade para se transformar. Os gráficos do jogo são desapontadores e ele apresenta uma dificuldade elevada, além de muitos, mas muitos níveis (fases) e isso sem save ou password. Kid apela para máscaras especiais para ganhar habilidades diferentes para passar das fases, e essa é uma idéia genialmente bem executada.

Radical_Rex_-_1994_-_Activision Radical Rex: Ouso dizer que é o jogo mais desconhecido da lista? Não sei. RR é psicodélico como a maioria dos jogos à época, permitindo a você encarnar na pele de um dinossauro radical que anda de skate. O jogo é divertido e tem algumas idéias refrescantes.

 

 

Daze Before Christmas000 Daze Before Christmas: Jogue com o Papai Noel (que se transforma em demônio(?)). Por mais inimaginável que possa parecer, esse jogo é bom, realmente funciona. Tem gráficos bonitos e a estranheza da idéia acrescenta valor à experiência.
Aero the Acro-Bat 2000

Aero the AcroBat 2: Provavelmente o jogo mais subestimado da lista. Isso talvez se deva ao primeiro e fraquíssimo Aero. Aero 2 é um jogão, de verdade, que não merecia ficar escondido e esquecido pela comunidade gamer como o foi. O morcego da Iguana Games é simpático e tem algumas habilidades (como seu pulo diagonal e queda brusca) que o diferem dos outros mascotes da época._________________________________________________

Zero - The Kamikaze Squirrel000 Zero the Kamikaze Squirrel: Vindo do mesmo universo que o Aero (novamente pela Iguana Games), Zero não tem tanta qualidade, concorrendo com Havoc o título de pior. Ainda assim, pelo menos Zero tem habilidades e características originais, embora estranhas demais para que se acostume a elas. Mas eu não joguei muito, então posso estar errado._________________________________________________


Prince of Persia:
Outro dos grandes influenciadores do gênero, PoP se vale de um senso alto de verossimilhança para construir sua jogabilidade rica em pulos perfeitos e lutas de espadas.

prince_of_persia-154163-1

Garfield - Caught in the Act000

Garfield: Outro jogo de plataforma esquecido pelo tempo (e pelos jogadores), o jogo do gato amante de lazanha é bem divertido, apesar de curto. Os sprites foram desenhados pelo próprio Jim Davis o autor do Garfield.

TinHead: Joguinho estranho, difícil pra caramba, mas muito bacana e com gráficos muito bonitos. Na jogabilidade, você tem três opções de modo de tiro que você alterna. Pra cima, pra frente e saltitante. Esse é o diferencial do jogo, além das frases psicodelica e LSD-amente únicas._________________________________________

Socket_Screenshot_4129

Socket: Espécie de clone do Sonic. Apresenta algumas idéias muito boas e ótimos gráficos. A primeira fase pode afugentar as pessoas, ela é muito confusa, mas na segunda as coisas já melhoram muito. É um platformer bastante eficiente.

Rocket Knight Adventures: Sparkster é o mascote da Konami, aparecendo nesse jogo e na seqüência que leva seu Rocket Knight Adventures_May20 16_10_25nome. Um jogo rápido e criativo, que lembra levemente o Sonic e tem uma temática incomum para a época, pelo menos em relação a jogos de plataforma, essa coisa de cavaleiro e tal. Os gráficos também são muito bonitos e agradáveis. Há que se mencionar que a dificuldade é um pouco elevada.

————————————————————————————————-

Outros jogos que tem um forte elemento de plataforme são Monster World 4, Crusader of Centy, Gunstar Heroes e Landstalkers.

Bom, na verdade, por serem em sua grande maioria side-scrollers, quase todos os jogos do Mega (da geração 16-bits) são jogos de plataforma.

Votação – Melhores Jogos de Mega Drive 13 13America/Bahia agosto 13America/Bahia 2011

Posted by bluepasj in dym, DYM AWARD, Top Games.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,
9 comments

The One Only Dym Choice Awards

Dym Awards

No espírito de uma premiação para os melhores jogos de Mega Drive, inclusive devido ao fato de ser um videogame oficialmente ‘morto’ e isso facilita a escolha definitiva, decidi fazer uma votação. Então eu peço por favor que votem e divulguem essa votação. No fim do ano (de 2011) eu vou revelar os resultados. Há uma observação que deve ser feita: cada jogo de uma série com uma numeração não especificada se refere à série como um todo. Por exemplo: Vectorman se refere tanto ao primeiro como ao segundo jogo. Vamos às votações, dividindo por categorias de votação. Por favor, votem!

Categoria Gêneros

Categorias Técnicas

Categorias Artísticas

Prêmio Principal

Review – Ristar: The Shooting Star 27 27America/Bahia setembro 27America/Bahia 2010

Posted by bluepasj in REVIEW.
Tags: ,
8 comments

Um game fantástico, perfeito, realmente demais! À altura do famoso Sonic, inclusive. Original, divertido, criativo… lotes e lotes de subjetivos positivos classificam essa obra-prima. Infelizmente, nunca tivemos uma continuação dele, nem sequer o carismático personagem principal aparecer em algum game como participação. Como dizem os sites gringos: “it’s a shame”.

O Game O game é um adventure um pouco diferente, em que o seu único comando é agarrar (o Sonic Team adora essas simplicidades, né? No Sonic é só pular, aqui só agarrar…). E esse ato de agarrar é usado de maneiras muito criativas no decorrer da aventura.

Gráficos Inenarráveis. São gráficos muito bonitos, limpos, coloridos, estilosos, realmente esse jogo te deixa boquiaberto. E tem animações que também embasbacam. O Ristar tem até animações específicas que só acontecem em algumas fases. É um dos personagens mais bem animados de sua época, sem dúvida. E tudo no game tem essa animação espetacular. E cada planeta realmente é completamente diferente do outro. Sinceramente, gente, eu não vou achar defeitos nesse game. É tipo o que há de melhor na caixa-preta da Sega.

Ristar The Shooting Star

Som Músicas muito boas e animadas que fitam muito bem em tudo. Ainda tem sons marcantes.

Jogabilidade Embora o jogo brilhe em todos os quesitos, nesse que é o primordial, brilha ainda mais. O uso da jogabilidade é simplesmente genial. Você vai se deparar com momentos no jogo e vai dizer consigo mesmo: “a criatividade dos caras que criaram esse jogo não acaba?”. Porque é cada hora uma ideia bacana nova! Mas devo salientar que o jogo é bem difícil. É um jogo de muita precisão. Nas fases mais avançadas, se você não gosta de coisas muito difíceis (como eu), vai penar (como eu).

História Cumpre bem o seu papel. Embora haja muita diferença entre a versão ocidental e a nipônica, ambas são histórias bacanas, bem contadas, com finais dignos.

Conclusão Ristar é um game pra qualquer amante de game, genial, fantástico, muito interessante, realmente vale a pena. Quer saber? Pára de ler e vai jogar Ristar? Se você ainda não o fez, garanto que não te arrependerás.

Considerações Finais:

*Extras. Não sei o que são, mas eu li que tem.ristar-shooting-star

*Efeitos especiais da era 16-bits como zoom feitos com maestria, sendo bonitos, detalhados e limpos.

*Teoria da Conspiração Ridícula de Mente Desocupada: Todos os inimigos do jogo e Ristar são parentes, já que todos, por detrás de suas ‘máscaras’, são bolas pretas. Kkk

*Por que todo mascote tem que usar luvas brancas? Mickey, Sonic, Mario, Ristar…?

*Tudo no jogo é grande e muito bem animado.

*Mais um jogo com a qualidade Sonic Team!

Grandes Idéias Sega 19 19America/Bahia setembro 19America/Bahia 2010

Posted by bluepasj in LISTAS, Sega.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
2 comments

Fase a cavalo: Essa é do Shinobi 3. Tem uma fase em cima de um cavalo, que é muito bacana.

Fase Musical: Em Ristar, um dos mundos é composto de coisas musicais,como notas e teclas de piano. Tem uma musiquinha muito bacana e guitarras são o maior perigo. O Ristar até dá uma dançadinha.

Casino: Não tem como não figurar nessa lista a clássica fase de Sonic. Mesmo que eu, particularmente, não seja fã dela. Mas foi uma ótima ideia, já que Sonic é praticamente uma bolinha de pinball viva. Mais pra frente nos games 3D, todas as fases de Casino são torturas das mais terríveis.

Fase “Upside-Down”: A Egg Town Act 2 do Sonic & Knuckles/S3&K em que você fica indo pra cima e pra baixo, ora andando normal, ora de cabeça pra baixo.

Labirinto de Phantasy Star 4: Aquele labirinto de PS4 que tem duas paredes de energia, aquilo é genial!

Agarrar: É tudo o que você faz em Ristar. E é o máximo! Foi uma ideia absurdamente maravilhosa da Sega. Pena que não sai um Ristar 2.

Nunca Parar: É a ideia por trás de Sonic. Fazer um game de ação feito para não parar. Onde você pode atacar sem parar, com quase tudo na tela em movimento, e com um ataque que te permite atacar os inimigos de qualquer jeito, o que favorece a velocidade. Com animações que demonstram que o personagem não está gostando de estar parado. E, já no segundo game da série, foi introduzido o spin dash, que te permitia ir com tudo sem precisar de espaço pra isso!

Luz-e-sombra: Vectorman é um jogo com gráficos incríveis, sem chip especial nenhum. E contém incríveis efeitos de luzes, muito bem aproveitados e demonstrados o tempo inteiro com jogos de luz-e-sombra. Raios, gelo, chuva, lava… tudo foi pensado pra valorizar os efeitos de mudança de incidência de iluminação.

Terráqueos são Estranhos: Quem mais poderia ter uma ideia tão genial quanto a de uma game controlando alienígenas contra os terríveis e bizarros seres humanos. Essa é a proposta do originalíssimo Toejam e Earl. Um dos mais engraçados jogos da sua época.

Entrar em um Gibi: A concepção por trás de Comix Zone já diz tudo. E a realização também foi muito feliz em conseguir realmente transpor a ideia para um game perfeito, apesar de difícil e curto.

Técnicas de Duplas: Essa é a base por trás da fama de Streets of Rage 1, já que antes jogar de dois era o máximo possível. Em SoR você tem habilidades pra serem usadas entre os dois em cooperação, o que é muito bacana.

Cair de Pé: Essa é outra ideia que funciona muito bem entre tantas de SoR. Ao ser jogado por inimigos, apertando pra cima+ataque+pulo, você cai em pé e não perde energia.

Boate: Adorei essa ideia e a realização dela em SoR 3.

Ninjitsu: Essa é uma coisa mirabolante de Revenge of Shinobi e Shinobi 3, e as técnicas disponíveis de magia ninja também são bastante originais: pulo muito alto, defesa de trovão, fogo assassino e suicídio assassino. Mó massa, meu!

Níveis de Magia Medieval: Anões carregando potes mágicos já é algo que chama a atenção na série Golden Axe. Eles ainda te roubam durante o sono e você tem que bater neles pra recuperar os potes! O_O É ou não é genial? Bacana mesmo é que o número de potes que você possui determina a potência da sua magia, resultando em algumas delas serem realmente embasbacantes demonstrações de poder.

O Vencedor Reviverá: Esse é o ponto crucial na história de Eternal Champions, e faz com que a trama desse jogo seja inigualável entre os jogos de luta (apesar de MK ter uma história melhor, mas diferente).

Vai-e-Volta: Baseado no pato Donald, a Sega fez um jogo digno da marca Disney, mesmo não tendo sido feito pelos proprietários originais do pato-pimentinha. E a coisa mais divertida nesse título é a jogabilidade “pré-resident eviliana”, de ir e voltar com itens pra poder prosseguir no jogo. Muito divertido, mesmo.

E aí, mais alguma outra ideia da Sega que acha que deveria estar aqui?