jump to navigation

Reconhecendo e Limpando Cartuchos de Mega Drive 6 06America/Bahia outubro 06America/Bahia 2017

Posted by bluepasj in ÚTEIS, GENESISTÓRIAS.
Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,
trackback

Grande parte dos fãs de Mega Drive são colecionadores, gostamd e ter uma experiência legítima e, por isso, valorizam muito produtos originais e oficiais. Tanto, na verdade, que os preços para cartuchos originais de consoles antigos podem ser bem altos. Por isso, acho necessário e me interessei pelos métodos que os colecionadores usam em seu colecionismo. E do meu interesse veio a necessidade de fazer essa matéria e aumentar a almejada completude do Drive Your Mega. Não sabendo eu mesmo como fazer isso, fui buscar informações na internet para fazer essa postagem, visando ajudar colecionadores (provavelmente vocês já sabem tudo isso entretanto), pretendentes a colecionadores ou simplesmente compradores não querendo ser enganados.

Para começar preciso dizer que é imprescindível abrir o cartucho (se for original, pode ser necessário usar uma chave especial como a Gamebit). A primeira diferença que se vê ao abrir é que cartuchos originais tem um chip, enquanto os cartuchos piratas, muitas vezes, tem apenas um pingo cujo chip é bem pequeno e está debaixo dele. Esse chip grande dos cartuchos originais (e alguns piratas) é onde está a ROM, ou seja, o próprio jogo. Cartuchos originais tem um número serial no chip e a palavra Sega ou o nome do desenvolvedor do jogo. Note, nas imagens abaixo, as diferenças entre piratas, ou alternativos, e originais.

falseorig2 (1)

Acima: pirata; Abaixo: original

Cart2

O cartucho original é o de baixo, escrito “Sega” e não o de cima, escrito “James Pond”. A escrita importante é no chip (preto) e não na placa (verde).

2012-10-09_17-06-21_404.jpg

Traseira de um cartucho japonês

Cartuchos piratas também costumam ser diferentes na cor detrás dos pinos que ficam na parte debaixo da fita. É amarronzada nos jogos originais e geralmente mais pálida nos piratas. Isso, inclusive, ajuda a diferenciar jogos piratas japoneses, já que dá pra ver sem abrir o cartucho e cartuchos japoneses originais tem um selo atrás que talvez você não queira tirar. Outra coisa que vale a pena ser dita é que, por que a qualidade dos componentes é inferior, dá pra ver através da placa (verde) o que está do outro lado, o que não acontece em placas de cartuchos originais.

Pode ajudar também na diferenciação o fato de que na parte detrás das placas, cartuchos piratas podem ter queimaduras onde as soldas são feitas. Fitas originais, por sua vez, não tem nenhuma marca, por serem feitas por máquinas precisas.

Agora algo que pode realmente ajudar a diferenciar é a própria capa, antes mesmo de abrir o cartucho. Primeiramente, às vezes os cartuchos piratas não tem parafusos (sejam eles de metal ou plástico), o que já indica que pelo menos a carcaça não é original, mas ainda assim o que está dentro pode ser original. Mas a carcaça original pode ter se estragado e por isso alguém pode ter colocado o chip original em uma carcaça nova por exemplo. O contrário também pode ocorrer e alguém colocar um cartucho pirata dentro de uma carcaça original, por isso abrir o cartucho é sempre recomendado.

Oringin_05

Traseira de cartucho original Tec Toy.

Cartuchos piratas costumam usar uma carcaça universal que é um pouco maior do que o normal e, por isso, o rótulo fica com espaços nos lados, fica sobrando espaço na indentação. Além disso, na parte detrás da carcaça está escrito o nome do distribuidor. Em cartuchos piratas não tem nada ou o nome está errado. Por fim, a própria arte do rótulo às vezes é diferente da arte que um cartucho normal teria ou menos detalhada.

Observando cuidadosamente carcaça, placa e chip, você consegue aferir se uma fita é original ou não Exceto se o cartucho for reprogramado. Estava fácil demais, não é mesmo? Cartuchos reprogramados, ou repros, são cartuchos originais que alguém pega e apaga o conteúdo do EEPROM (onde fica salvo o jogo, é aquele chip preto) e grava outro jogo no lugar. Você consegue perceber que isso foi feito se digitar o número serial no Google e os resultados indicarem que é o serial de um jogo diferente do que está no cartucho. Repros são tecnicamente piratas, mas mantém a qualidade dos jogos originais já que os materiais são de jogos oficiais.

s-l300E aí está, as maneiras que encontrei na internet de se diferenciar entre fitas alternativas e oficiais. E depois de você fazer tudo isso, você pode querer limpar o cartucho que agora sabe que é (ou que não é) original. Inclusive é indicado limpar antes de colocar no seu aparelho. E nesse caso acho que todo mundo sabe, mas já encontrei pessoas que não sabiam, que assoprar cartuchos não é a melhor maneira. O sopro é úmido e umidade gera ferrugem, portanto acaba sendo prejudicial fazer isso. O que se tem que fazer é limpar usando uma borracha comum, daquelas que se usa em escolas para apagar erros de lápis. Passe ela nos conectores embaixo do cartucho (aqueles cujo fundo é marrom no original). Você pode também limpar a placa usando cotonetes com álcool isopropílico (com porcentagem alta de álcool) ou passando nos contatos/pinos um limpador de contatos  como o Oxicleaner que pode ser encontrado no Mercado Livre. Pode -se usar, também, um spray limpa-contatos (e não precisa nem esperar secar!).

genesisgutsbattery.pngEm último caso, caso o jogo não queira pegar, pode resolver se você tiver uma máquina de solda para eletrônicos e estanho e colocar um pouco de solda em cada uma das conexões na parte traseira da placa. Existe também a possibilidade de trocar os capacitores para tentar trazê-la de volta à vida. Soldar é, também, a maneira correta de trocar a bateria de jogos que tem save e em que a bateria pode ter estragado. Você tira a solda da bateria antiga para poder tirá-la, coloca a nova no lugar tomando cuidado com o lado positivo (+) e negativo da bateria (pode ser necessário cortar um pouco o pino que atravessa o chip para entrar nos buraquinhos) e, do outro lado do chip, solda os pinos da bateria nova no lugar. É até possível trocar a bateria sem perder os saves. Para isso é necessário ter um medidor de voltagem. Na parte detrás do chip perto de onde ficam os conectores da bateria, tem duas conexões por onde passa corrente elétrica da bateria. Se a bateria atual está definhando mas ainda não morreu, você deve conseguir medir voltagem passando por ali. Basta pegar pilhas que se equivalham à voltagem da bateria, usar cabos para conectá-las nessas conexões e soldá-las, trocar a bateria e depois separar a pilha.

Com essas dicas deve ser possível recuperar quaisquer jogos, originais ou não, e também aumentar a vida útil dos mesmos. Sei que são dicas amplamente divulgadas e fáceis de encontrar, mas mesmo assim espero que essa postagem seja útil para alguém em algum momento. Não faz mal ter esse tipo de conteúdo disponibilizado em mais um lugar. Mas esse texto já se estendeu demais, então vou parar por aqui. Ah, se você souber de alguma informação que ficou faltando ou tiver qualquer coisa a adicionar ao que foi discutido aqui, não se acanhe e comente abaixo! Aliás, comente de qualquer jeito. Obrigado pela atenção e volte sempre!

Fontes: This Does Not Compute
Megadriveanos
Megadriveanos
Outros.

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: