jump to navigation

Evolução – Vectorman 22 22America/Bahia julho 22America/Bahia 2011

Posted by bluepasj in EVOLUÇÃO, REVIEW.
Tags: , , , , ,
trackback

Vectorman

Vectorman 2

Vectorman é um orbot, um robô composto de bolas. Do futuro. Nesse futuro, a população praticamente destruiu o planeta Terra, e foi obrigada a ir viver em colônias espaciais e/ou outros planetas. Vectorman foi designado para limpar o planeta para que algum dia os humanos possam voltar para o planeta (Wall-e, alguém). Acontece que um grande robô denominado Raster, que é um orbot fortão, sem-querer é conectado por outros orbots a uma bomba nuclear. Aí ele se torna Skynet WarHead, um tirano opressor que deseja matar os humanos quando estes retornarem. Todos os outros orbots se tornam servos controlados por WarHead. Acontece que Vectorman estava fora, se livrando de detritos lançando-os no sol. Por isso, ele escapa do controle mental e é o único que pode salvar a Terra. Ou seja, é um robô gari que se torna herói. Vectorman tem muita personalidade, falando coisas de um modo engraçado enquanto você joga (e tendo ações engraçadas quando você, por exemplo, bate a cabeça dele no teto). E ele também sofre mudanças no decorrer dos jogos, podendo se transformar em outras formas de Vectorman, úteis para diferenciadas situações. Isso sem contar as fases de mudança de perspectiva, com VMan se tornando um trem ou adquirindo patins, por exemplo. O jogo também é muito rápido, intenso. VMan pode dar pulo duplo (podendo infligir dano aos inimigos com os foguetes dos pés) e atirar pra todas as direções. E pode fazer tudo ao mesmo tempo. A jogabilidade é muito bem calibrada. Mas é um jogo bem cadenciado, não é rápido como Gunstar Heroes, é frenético ao seu próprio jeito. Outra coisa que chama a atenção são os efeitos usados para potencializar a grandiosidade do game. A tela chacoalha, e muito, dando um efeito de força muito interessante. E os efeitos de luz-e-sombra, principal elemento desse jogo. Sim, aqui há jogos de luz-e-sombra que mudam em tempo real, refletindo de acordo com os tiros de Vectorman no ambiente e no próprio personagem. Além de terem colocado relâmpagos e chuva de neve pra poder exibir ainda mais esses efeitos. Com certeza embasbacante. A movimentação também é um ponto forte, muito, muito, muito fluida. As animações estão de parabéns, podendo até parecer ser em 3D. isso porque o jogo foi feito usando a mesma técnica de Donkey Kong, animação em um supercomputador pra depois passar pro Meguinha. Só que o processador mais veloz tornou VMan um jogo com jogabilidade mais responsiva e animações muito mais fluídas. Os sons também estão muito bem feitos, dando o clima perfeito para a ação.

 

Com respeito à comparação entre o 1º o segundo jogo, inevitavelmente o primeiro é melhor que o 2º. Isso porque as fases do Vman original são mais criativas, enquanto as do outro são meio clichês do gênero. E também porque, na ânsia de mostrar tudo que tinham em termos de luzes e sombras, as fases do Vman 2 ficaram muito escuras, de um modo irritante e não-tão-bonito. Não é um jogo ruim, definitivamente, só não é o primor de realização que foi o primeiro. Sendo, ainda assim, uma seqüência digna de um grande jogo, mantendo as melhores características. E, sim, como de praxe, os gráficos deram uma (ínfima) melhoradinha, embora certamente a escuridão deponha contra isso. Soma-se a isso que as transformações novas também não são tão criativas quanto a do primeiro game e temos uma seqüência claramente apressada para capitalizar numa franquia que começou tão bem. Os inimigos do segundo também mudaram e são insetos mutantes nucleares. E eu achei essa uma boa escolha, porque fitou no contexto do jogo e fez o jogo ter um ‘feeling’ um pouco diferente do primeiro. De qualquer maneira, jogar VMan 2 é levemente diferente de jogar o primeiro, embora mantenha as boas qualidades intactas. O que significa que não é mais do mesmo (apesar de usar de lugares-comum do gênero plataforma à exaustão).

O fato é que ambos são jogos que estão entre os melhores do Mega Drive. Vman também é um dos personagens mais clássicos da era. E realmente vale a pena jogar.

Anúncios

Comentários»

1. testemunhazero - 25 25America/Bahia julho 25America/Bahia 2011

Joguei bastante esse jogo quando o meu Mega Drive ainda estava na ativa.

Curtir

2. bluepasj - 25 25America/Bahia julho 25America/Bahia 2011

nunca joguei esse no videogame mesmo. devia ser incrível.

Curtir

3. Victor Silver - 1 01America/Bahia agosto 01America/Bahia 2011

Vectorman eu joguei pouco, não zerei nem o um e nem o dois, mas me amarrei em ambos.

Curtir

4. bluepasj - 1 01America/Bahia agosto 01America/Bahia 2011

Eu joguei mto e mesmo assim não zerei. São mto bons.

Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: