jump to navigation

Evolução: Série Sonic 15 15America/Bahia setembro 15America/Bahia 2010

Posted by bluepasj in dym, EVOLUÇÃO.
Tags: , , , , , , , , , , , ,
trackback

A série Sonic é o carro-chefe do videogame Mega Drive em sua época. Então… vamos falar sobre esse querido rato-ouriço azul cobalto!

Sonic foi criado por um time incrível da Sega especificamente com o propósito de derrubar Mario, o mascote da Big N. Ele era rebeldemente (o traço vermelho me diz que essa palavra não existe, mas meu inventômetro diz que sim, então vai lá)… rebeldemente, era tudo o que o Mario não era, o oposto dele. E corria, mostrando todo o poderio do processador mais rápido do Genesis. Não sei se ele foi criado pra ser rápido já com a intenção de mostrar o poder de processamento ou se foi, tipo, acidental, mas tá valendo.

Sonic the Hedgehog (1991): O primeiro game do Sonic, lançado para competir diretamente com Mario World! Fez bonito, conseguindo belos SonicTheHedgehog000.pngefeitos gráficos art-déco na tela e efeitos de imitação de 3D, com uma belíssima trilha sonora composta por Masato Nakamura. Sonic é um game com muita ação, o herói não pára um segundo. Isso também é mérito de um level design perfeito. As fases são desafiadoras, cheias de perigos, mas possíveis de serem jogadas correndo! Tem vários caminhos pra se chegar ao final da fase, com alguns segredos, fases com temas muito interessantes além dos clichês do gênero plataforma. Algumas dessas não foram rivalizadas até hoje. O game também tem uma física muito bacana, tipo ter que pegar espaço pra pegar velocidade pra poder passar pelos loopings. E o chão não é lisinho, tem desníveis. Detalhe para: O looping, marca-registrada do game.

Sonic the Hedgehog 2 (1992): Sonic the Hedgehog 2 melhorou sobre Sonic Sonicg21 em todos os aspectos, se tornando o game mais popular de sua geração, provavelmente. Só para se ter uma idéia (me senti Sônia Abraão agora rsrs), antes de seu lançamento, todas as revistas tinham matérias sobre ele, com várias imagens de betas. Procurando na net, você acha uns 500 mil betas e imagens de betas desse game, tamanha antecipação que causou! Sonic 2 iria ser o Sonic CD, mas acabou saindo esse mesmo, e Sonic CD saiu depois. Sonic 2 incrementa o utilíssimo spin dash, um movimento pra te dar velocidade sem que você precise de espaço pra isso. Também adicionou Tails, embora ele seja inútil nesse game. De dois, ele não alcança Sonic e só serve pra deixar o player 2 com raiva. De um, jogando com ele, ele é igual ao Sonic. O único uso real do Tails é no bem-vindo versus mode. As fases do Sonic 2 são ainda mais temáticas que as do 1º e ainda mais originais. Ah, tem também a inclusão do modo Super Sonic! Detalhe para: Xadrez marron e Loopings horizontais da Emerald Zone. E o fato do spin dash ser fisicamente impossível.

Sonic the Hedgehog 3sonic the hedgehog 3 (1994): Sonic 3 é, em minha opinião, o game que mais difere na série clássica. Ele melhora muito em todos os aspectos. Os gráficos estão incríveis, assim como os level designs ainda mais complexos e uma trilha sonora de arrasar. Sonoridade fantástica, até Michael Jackson começou a produzir músicas para o game, mas, perfeccionista que é, decidiu não colocar suas músicas num console simples de 16 bits incapaz de fazer o que ele queria. A escolha das fases é, muitas das vezes, surpreendente. É o 1º game do Sonic a ter uma fase de gelo! A 1ª fase, uma ilha tropical, já te dá uma prévia da magnitude desse game. É uma reinvenção muito bacana das fases-iniciais-verdes-facinhas de platformers. Além disso, há caminhos específicos nas fases para Sonic e Tails. E tem a nova idéia, muito legal por sinal, de que além de uma mudança entre zona 1 e zona 2, Robotnik aparece e a fase tem uma pequena mudança. Ou seja, deixa o jogo ainda mais variado. Fora que os estágios especiais são os mais divertidos dos 3. E tem estágios especiais bônus para pegar itens. Pode não ser tão clássico quanto os outros 2, mas foi uma revolução tremenda. Tails finalmente faz a diferença, porque, jogando com ele, ele vôa e nada. Esse jogo foi a primeira aparição do personagem Kncukles, embora não seja jogável, faz a diferença. Foi adicionada a idéia de 3 tipos de bolhas, as elétricas, vulneráveis à água, mas que permitem pulo duplo e atraem argolas; as de fogo, vulneráveis à água, mas que protegem do fogo e tem um ataque especial; e as básicas, que te permitem cair mais rápido e respirar debaixo d’água sem bolhas. Detalhe que só Sonic pode usar esses poderes. E que as bolhas também rebatem projéteis. Além disso, cada estágio se conecta ao seguinte, uma pequena coisa, mas pequenas coisas fazem diferença. Detalhe para: Design do Sonic está incrível. Efeitos pseudo-3D por toda parte, em abundância. O jogo tem bateria para salvar.

Sonic and Knuckles (1994): Por incrível que pareça, a Sega acertou a mão mais uma vez (ela fazia isso sempre nessa época). S&K trouxe uma IMENSA inovação, que foi o lock-on. Ele podia ser conectado ao Sonic 2 ou ao Sonic 3, o que modificava o jogo, permitindo jogar com Knuckles em Sonic 2 e emendando S&K e Sonic 3! As fases e sons de Sonic e Knuckles mantém asonic and knuckles qualidade do Sonic 3. Tails está fora e Knuckles agora é jogável. E Knuckles se difere do Sonic por poder escalar paredes, plainar e quebrar algumas pedras que Sonic não pode. Também, só Sonic continua podendo usar os poderes diferentes das bolhas. Knuckles também pode se tornar Super Knuckles. Enfim, todas os implementos de Sonic 3 prosseguem aqui, já que S&K e Sonic 3 são um jogo só, lançado em 2 partes. Tanto é que S&K não tem bateria de salvamento. Detalhe para: Sandopolis, mto bacanaessa fase.

sonic 3 and knucklesSonic 3& Knuckles: S3&K é a união entre os cartuchos de SOnic 3 e S&K, fazendo um jogaço enorme, com bateria de salvament, todas as fases dos dois e uma história decente. Pode-se jogar com Sonic, Tails e Kncukles e os três tem suas diferenças mantidas. Fora isso, não há muita diferença entre os games. Tails abre novas possibilidades em S&K e Knuckles faz o mesmo em Sonic 3. E só nesse jogo existem Hyper Sonic, Super Tails e Hyper Knuckles. Além disso, abre-se uma última fase nova zerando com as 7 esmeraldas. Detalhe para: História!

Sonic CD: Sonic CD foi lançado para o Sega CD em 1993, entre Sonic 2 e Sonic 3. Foi criado por um time diferente dos outros jogos da série, um time chefiado por Naoto Oshima, o criador do personagem Sonic (character designer). Por isso, mesmo que ele se pareça com Sonic, acaba não sendo o mesmo que nos outros jogos. O jogo se parece graficamente uma versão melhorada de Sonic 1. Mas tem o spin dash (um spin dash visualmente esquisito e com um timing também esquisito). Também tem um outro movimento, segurando pra cima e pulando, que faz a mesma coisa do spin dash só que sem virar bolinha (e é inútil). Fora isso, o jogo tem uma boa trilha sonora e um interessante conceito de ficar viajando no tempo no meio das fases, apresentando vários conceitos pra cada uma das fases do jogo. Infelizmente, as fases abusam de coisas abstratas e não-identificáveis e se tornam descaracterizadas. E as fases especiais são o que há de mais esquisito em games. Mas, no geral, é um bom Sonic, com um bom pézinho no clássico. Detalhe para: Viagens no tempo. Fantásticas cenas em animê.

Sonic 3D Blast: Lançado em 1996, teve versões para Mega Drive e Saturn, esta última recebendo melhorias. Não foi feito pela Sega, apenas distribuído, sua produtora foi a Traveler’s Tales. A versão analisada aqui é a do Mega Drive. Os gráficos são muito bons. Foram pre-renderizados como Donkey Kong Country ou Vectorman, mas obtiveram resultados bem melhores. Infelizmente, os estágios são repetitivos e muito mal feitos. A jogabilidade é interessante, mas não funciona. É o jogo de Sonic 3D com a pior jogabilidade. O homing attack faz uma falta… . Além disso, nem parece um game de Sonic, com sua visão isométrica que não combina com o estilo de ação e plataforma. As músicas também são legalzinhas. Enfim… bons gráficos e idéias interessantes não impedem esse jogo de ser podre. Detalhe para: Gráficos e flickies.

Knuckles Chaotix: Esse não é bem um jogo de Sonic. Foi lançado para Sega 32-X em 1995. Esse sim foi criado pelo Sonic Team. E é um bom game, embora não-usual. Ele tem gráficos lindos, que só perdem para Sonic 3 e Sonic and Knuckles. E as animações são melhores que as desses games um pouco. Já as argolas estão muito feias. A jogabilidade é interessante, embora às vezes frustrante, mas vale a pena. O jogo tem as fases especiais mais legais daquela época. E, infelizmente, não tem a velocidade típica de um jogo do Sonic (por ser um jogo do Knuckles, dã). Até que é um bom jogo, só que é A, não é AAA, como os outros da série Sonic. Detalhe para: Jogabilidade diferente.

Outros jogos da série Sonic à época são Sonic Spinball, um jogo de pinball com tema de Sonic e Dr. Robotnik’s Mean Bean Machine, que é um re-skin de Puyo Puyo com temática não de Sonic, mas de seu arqui-inimigo Dr. Ivo Robotnik (Eggman).

Anúncios

Comentários»

1. vilmar - 6 06America/Bahia novembro 06America/Bahia 2012

irado jogos do melhor perssonagem do mundo o sonic

Curtir

2. vilmar - 6 06America/Bahia novembro 06America/Bahia 2012

eu tenho um perssonagem novo chamado full se estiverem entereçados entrem no meu e mail e deixem um recado dizendo
em qual site eu devo entrar para mandar uma foto dele para voçês paraverem se ele entra sim ou não num jogo do sonic

Curtir


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: